Receita prorroga para junho prazo para entrega do Imposto de Renda


Diante da disseminação do novo coronavírus no país, o secretário da Receita Federal, José Tostes Neto, anunciou que os contribuintes terão dois meses a mais para entregar a declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) e 2020, relativo aos rendimentos de 2019.

O prazo, que seria até 30 de abril, passa a ser até 30 de junho, disse, em entrevista coletiva, nesta quarta-feira (1/4). "Decidimos pela prorrogação considerando demandas e relatos de contribuintes que estão confinados em casa", explicou.

Muitas pessoas, segundo o secretário, têm dificuldade para buscar documentos necessários para o preenchimento da declaração, como notas fiscais. "Estão em escritórios, empresas. Faltam documentos que necessite contactar clínicas, serviços médicos", listou.

Tostes avaliou que o ritmo de entrega continua "sendo muito bom", com 8,8 milhões de declarações enviadas até agora, o correspondente a 27% do total esperado pela Receita. "Comparado com o mesmo período de do ano passado, são 400 mil a mais", ressaltou.

Conplus Gestão